Fone: 0800 - 283 - 2066   |   Plantão: 35 - 99964 - 1004


Como verificar Vazamentos
DICAS DO SAAE
  • 1º - Feche o registro do cavalete.
  • 2º - Abra uma torneira alimentada.
  • 3º - Espere até a água parar de correr.
  • 4º - Coloque um copo cheio de água na boca da torneira.
  • 5º - Se houver sucção da água do copo pela torneira, é sinal de que existe vazamento no cano alimentado diretamente pela rede.
Ramal direto da rede:
  • 1º - Mantenha aberto o registro do cavalete.
  • 2º - Feche bem todas as torneiras da casa e não utilize os sanitários.
  • 3º - Feche completamente as torneiras de bóia das caixas, não permitindo a entrada de água.
  • 4º - Marque a posição do ponteiro maior do seu hidrômetro e, após 1 hora, verifique se ele se movimentou.
  • 5º - Caso ele tenha se movimentado, é sinal de que existe vazamento no ramal diretamente alimentado pela rede.
Instalação alimentada pela caixa:
  • 1º - Feche todas as torneiras da casa e não utilize os sanitários.
  • 2º - Feche completamente a torneira de bóia da caixa, impedindo a entrada de água.
  • 3º - Marque na caixa o nível da água e, após 1 hora no mínimo, verifique se ele baixou.
  • 4º - Em caso afirmativo, há vazamentos na canalização ou nos sanitários alimentados pela caixa de água.
Válvula ou caixa de descarga:
  • 1º - Jogue cinza de cigarro no vaso sanitário.
  • 2º - O normal é a cinza ficar depositada no fundo do vaso.
  • 3º - Em caso contrário, é sinal de vazamento na válvula ou na caixa de descarga.
  • 4º - Nas bacias cuja saída da descarga for para trás (direção da parede), deve-se fazer o teste esgotando-se a água. Se a bacia voltar a acumular água, há vazamento na válvula ou na caixa de descarga.
Reservatórios de edifícios:
  • 1º - Feche o registro de saída do reservatório do subsolo.
  • 2º - Feche completamente a torneira da bóia.
  • 3º - Marque no reservatório o nível da água e, após 1 hora, no mínimo, veja se ele baixou.
  • 4º - Em caso afirmativo, há vazamento.